• Ana Évora

Hormônio do Crescimento

(Growth hormone – GH)


Com o objetivo de melhorar a performance e  a composição corporal rapidamente, muitos atletas e praticantes de atividade física utilizam substâncias que prometem proporcionar este resultado em um curto prazo de tempo. Entre as substâncias utilizadas está o hormônio do crescimento (Growth hormone - GH).


O hormônio do crescimento (GH) é sintetizado pela glândula pituitária e é conhecido por ser um  agente anabólico.  O GH  está associado à hipertrofia muscular, a formação do tecido conjuntivo,  o hormônio do crescimento estimula o fator de crescimento similar à insulina (IGF1), mobiliza os ácidos graxos livres do tecido adiposo e estimula a captação de glicose e de gordura pelo músculo.


No entanto, a administração indevida deste hormônio está associada a efeitos colaterais como: resistência à insulina (maior facilidade para acumular gordura, pré- diabetes e possível desenvolvimento de diabetes) síndrome do túnel do carpo, dores articulares, cardiomegalia (aumento do coração), doenças cardíacas,  acromegalia (espessamento dos ossos da cabeça, rosto e mãos), miopatia, neuropatia periférica e osteoporose.


BROOKS, G. A; FAHEY, T. D; BALDWIN, K. M. Fisiologia do exercício: bioenergética humana e suas aplicações. 4º edição, São Paulo: Phorte, 2013.

2 visualizações

© Criado por MKTEFFECT